TACUN LECY

pesquisas

A base das pesquisas que desenvolvo tem o eixo centrado em dois alicerces das culturas afro-brasileiras: os Candomblés da Bahia (com recorte especial nos Candomblés Jeje-Nagô do Recôncavo Baiano) e as Comunidades Remanescentes de Quilombos.

O enfoque nessas temáticas foi motivado pelo forte vínculo que estabeleci com ambas. O Candomblé, por eu ser adepto dessa religião de matriz africana, na qual fui iniciado e confirmado Axogum em um Terreiro Nagô-Vodun do Recôncavo (a Wakanda Brasileira), e pela qual assumi compromissos que transcendem os religiosos; Os quilombos, por me apresentarem as suas pluralidades culturais e me proporcionarem estar o mais próximo das Áfricas, dentro do Brasil.


Entrar em Terreiros de Candomblé e em Comunidades Quilombolas são vivências que me possibilitam estar mais próximo e em pleno contato com a minha ancestralidade. Obviamente, todo o entendimento e comunicação sobre essas caminhadas, posteriormente apresentadas em narrativas textuais e imagéticas, não seriam possíveis sem os diálogos fundamentais com pessoas que carregam a cultura matriz em seus corpos... São filhas e filhos das Áfricas que me concederam a honra e o privilégio de estar junto a elas nesse Tempo, compartilhando saberes e preciosos momentos de aprendizado.